Carregando...
Jusbrasil - Legislação
20 de novembro de 2019

Decreto 5776/96 | Decreto nº 5.776 de 13 de setembro de 1996

Publicado por Governo do Estado da Bahia (extraído pelo Jusbrasil) - 23 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Dispõe sobre a prestação de assistência médico-hospitalar, psicológica e farmacêutica aos policiais civis e militares, na forma que indica, e dá outras providências. Ver tópico (5 documentos)

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto no art. , da Lei nº 3.374, de 30 de janeiro de 1975, no art. 51, inciso IV, da Lei nº 3.933, de 06 de novembro de 1981, e no art. 162, da Lei nº 6.677, de 26 de setembro de 1994, D E C R E T A

Art. 1º - Os policiais civis e militares que, no exercício de suas funções, sofrerem lesão ou dano físico ou psíquico, em virtude de agressão, grave constrangimento ou acidente, terão assegurados atendimentos médico, hospitalar e psicológico, prestados pela rede de serviços, próprios ou credenciados, da Secretaria da Saúde ou do Instituto de Assistência e Previdência dos Servidores do Estado da Bahia, bem como assistência farmacêutica necessária a sua recuperação. Ver tópico (1 documento)

§ 1º- Na hipótese de necessitarem de tratamento médico-hospitalar especializado, os policiais civis e militares poderão ser atendidos por instituição privada, à conta de recursos do Tesouro, desde que inexistam meios adequados ao seu atendimento na rede pública, a juízo de junta médica oficial. Ver tópico

§ 2º - O disposto no parágrafo anterior não se aplica em caso de lesão resultante de conduta ilícita do policial. Ver tópico

Art. 2º - O custeio direto das despesas pelo Estado equivalerá à indenização, vedado o pagamento desta em relação ao atendimento médico e hospitalar de que já se tenham beneficiado os policiais civis e militares vitimados, na forma prevista no § 1º, do art. 1º, deste Decreto. Ver tópico

Art. 3º - A Secretaria da Administração emitirá instruções complementares necessárias ao cumprimento deste Decreto. Ver tópico

Art. 4º - As despesas decorrentes da aplicação deste Decreto correrão à conta de recursos consignados no Orçamento-Programa vigente e nos subseqüentes. Ver tópico

Art. 5º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ver tópico

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 13 de setembro de 1996.

PAULO SOUTO

Governador

Francisco de Souza Andrade Netto

Secretário da Segurança Pública

Sérgio Augusto Martins Moysés

Secretaria da Administração

Secretaria da Administração

×

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)